Precisamos falar sobre sexo


Estamos acompanhando o caso da menina de 11 anos que foi impedida de realizar aborto. Uma coisa chamou a atenção: nos casos de estupro de crianças, o estuprador é mencionado e quase sempre é alguém próximo ou até mesmo da família. Mas nesse caso pouco se falou sobre isso. Acontece que o suspeito é um menino de 13 anos. Ele e a menina declararam ao delegado que acompanha o caso que têm uma relação de afeto e que o ato sexual foi “consentido”. Do ponto de vista jurídico, se trata de um caso de estupro de vulnerável. Mas temos que nos perguntar por que razão não estamos falando do menino.

Não é incomum que meninas e meninos de 11 anos tenham namoradinhos (por mais que saibamos que ainda não é hora), mas é inconcebível que tenham relação sexual nesta idade.


O menino de 13 anos deve ser responsabilizado. No entanto, responsabilizar um menino de 13 anos não pode ser simplesmente fazê-lo cumprir uma medida socioeducativa. A diferença entre a responsabilização e a culpabilização é que na responsabilização o sujeito é capaz de se incluir como parte do problema, refletindo sobre o lugar que ocupa e questionando as consequências de seus atos.
Vivemos numa sociedade em que sexo ainda – e cada vez mais – é tabu. Muitos condenam a educação sexual nas escolas, mas não existe melhor lugar para essas questões serem trabalhadas do que na escola. Sexo, sexualidade, encontros, relacionamentos, amor… tudo isso está em construção na adolescência. Só é possível assumir condutas responsáveis e ter capacidade de fazer escolhas se existe implicação do sujeito nessas escolhas, ou seja, é preciso entender o que significam e como afetam a si e ao outro. Negar aos meninos e meninas espaço para que essas questões sejam trabalhadas é colaborar para uma sociedade em que situações como essa ocorrida com esses dois jovens possam acontecer com maior frequência, gravidade e com diversas formas de apresentação.
Precisamos falar sobre sexo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s